Buscar
  • Rafael Bruxellas Parra

Pra onde Franca vai

Considerada uma das cinco melhores cidades do Brasil pra se viver, Franca está entre as dez mais populosas do estado de São Paulo. Não tem grandes problemas de estrutura e é um importante centro econômico-industrial da Alta Mogiana, além de ocupar o primeiro lugar em saneamento básico do país.


Em 2017 até fomos considerados pela ONU (Organização das Nações Unidas), por meio da fundação Green Cross, como a primeira cidade brasileira a sediar projetos voltados para inovação e expansão tecnológica. Melhorias do aproveitamento de energia, modernização do sistema viário, incremento da produção rural e até mesmo a implementação de um Parque Tecnológico, eram pautas do programa. Investimentos que almejavam transformar Franca em uma cidade inteligente. Infelizmente, o projeto ainda não se desenvolveu e as últimas notícias nos colocam atrás da lista das 40 cidades do estado com potencial para receber recursos voltados ao aperfeiçoamento tecnológico.


Enquanto o mundo todo está discutindo sistemas de inovação em mobilidade urbana, novas tecnologias de atividade física, qualidade de vida e novas fontes de energia, será que no Brasil apenas o pequeno município de São Gonçalo do Amarante (CE), está preocupado com investimentos para a construção de uma cidade mais inteligente?

Smart Cyti Laguna - Lotes Residenciais São Gonçalo do Amrante (CE), - Disponível em: https://smartcitylaguna.com.br/empreendimento


É fato que em 2018 fomos escolhidos para sediar o primeiro condomínio solar de energia compartilhada do Brasil. Até porque nosso município se situa na região nordeste do estado de São Paulo, uma das regiões de maior incidência solar. Mas será o suficiente?


Em fins do século XX criamos um dos primeiros sistemas de bilhetagem eletrônica do país e nos tornamos referência para as demais cidades brasileiras. Nós inovamos. De lá pra cá, nós asfaltamos ruas, construímos viadutos e sonhamos com "centros empresariais no lanchão". Também não é segredo para ninguém que nossas indústrias calçadistas estão indo embora e já não representam a mesma potência econômica. Com o setor de serviços despontando na cidade e os recursos básicos estruturados, seria agora a hora de inovar, mais uma vez, e colocar Franca no século XXl?


Acompanhe aqui, soluções reais de como podemos introduzir o debate de tecnologia em Franca para melhorar a qualidade de vida de nossa cidade.

Rafael Bruxellas é empresário, sócio diretor da empresa KOI e colunista do Jornal Verdade. Também foi Diretor Regional da rede Tekstudio em Brasília-DF.

181 visualizações1 comentário

PRA ONDE

FRANCA VAI?

Rafael Bruxellas

Empresário e sócio diretor da

empresa kOI

Copyright © 2019 Rafael Bruxellas. Todos os direitos reservados